Bitcoin bateu máximo histórico neste aspeto

Bitcoin bateu máximo

A dificuldade de minerar Bitcoin, é medida pela quantidade de hashes necessários para minerar um bloco. E essa dificuldade acabou de atingir um novo máximo histórico, pois foram necessários 55,62 trilhões de hashes, para obter um bloco, segundo a CoinWarz.

Como Funciona o Ajuste da Dificuldade de Mineração

A dificuldade de mineração do Bitcoin, é alterada automaticamente a cada duas semanas, ou após a mineração de 2.016 blocos, chamados de “épocas”.

São necessários cerca de 10 minutos para minerar um novo bloco. Mas se a mineração aumentar durante uma época, o tempo médio para a mineração de um bloco diminui. Mas na Bitcoin tudo está pensado e nesses casos a rede ajusta automaticamente a dificuldade de mineração no final da época.

Crescente Poder de Computação da Rede Bitcoin

O aumento da dificuldade de mineração para um novo recorde histórico reflete diretamente o aumento do poder de computação na rede Bitcoin.

Com mais mineradores a ingressar no mercado, para tentar obter uma parte da emissão de Bitcoin da rede (6,5 BTC por bloco) e das taxas de transação, a taxa de hash da rede atingiu um recorde histórico de cerca de 414 TH/s este mês, de acordo com a Blockchain.com.

Isto representa um aumento superior a 60%, apenas desde o início do ano.

Impacto no Preço do Bitcoin

Segundo analistas da Bitfinex, o aumento da dificuldade de mineração da Bitcoin, deve-se refletir positivamente no preço da criptomoeda.

O aumento da dificuldade de mineração do Bitcoin pode indicar que os mineradores acreditam que o preço atual reflete uma desvio descendente em relação ao valor real do Bitcoin.

Os mineradores podem estar confiantes de que o preço do Bitcoin vai se recuperar, o que pode ser visto como um mero desvio descendente do seu valor real… Portanto, investir mais recursos na mineração de Bitcoin a estes preços pode ser altamente lucrativo para eles

Analistas das Bitfinex
Bitcoin bateu máximo

Perspetivas Futuras para o Bitcoin

Embora a Bitcoin esteja a caminho de encerrar agosto com uma queda superior a 10%, o preço da criptomoeda não vai permanecer em níveis baixos por muito tempo.

Até ao final do ano a economia americana pode fazer com que a Bitcoin ainda vá buscar valores mais abaixo que o atual. Mas por outro lado, em breve vamos ter a decisão sobre os ETF de Bitcoin. A primeira data prevista para essa decisão é o dia 2 de Setembro.

Muito provavelmente essa decisão vai sofrer um adiamento, mas quando for aprovado o ETF e a Blackrock colocar biliões de dolares no mercado e como consequência, o preço deve subir em ritmo acelerado.

O passado mostra que a Bitcoin, atinge novos máximos , no ano após o halving. Por essa data se estar a aproximar, novos mineradores de Bitcoin estão a investir, para aproveitar possíveis ganhos no final de 2024 ou inicio de 2025.

Desde sempre um apaixonado por Tecnologia e com tudo o que seja relacionado a Smartphones. O mundo cripto é uma das àreas a que dedico especial atenção e tenho no automobilismo um dos hobbys favoritos.